Publicidade

Baila Vini Jr: entenda de vez o caso e a repercussão mundial

Provavelmente você viu a hashtag #BailaViniJr entre as primeiras nas redes sociais, não é mesmo?! Pois bem, era uma mensagem de apoio ao atacante brasileiro Vinícius Júnior.

Estrela da conquista da Champions League pelo Real Madrid e titular da Seleção Brasileira, Vini Jr. foi vítima de comentários lamentáveis. Acompanhe a leitura e entenda o caso!

Publicidade

O que aconteceu de fato?

No programa de TV “El Chiringuito de Jugones”, um dos principais da Espanha, os participantes repercutiam os comentários intimidadores de Koke, capitão do Atlético de Madrid.

Baila Vini Jr.

Vini Jr. e Rodrigo comemorando o 1º gol do Real Madrid no clássico (Foto: Divulgação)

Koke jurou que haveria confusão se Vini Jr. bailasse e Pedro Bravo, presidente da Associação Espanhola de Empresários de Jogadores, disse no programa:

“Você tem que respeitar o adversário. Quando você faz um gol, se quer dançar, que vá ao sambódromo no Brasil. Aqui o que você tem que fazer é respeitar os companheiros de profissão, e deixar de fazer macaquice”

O caso tomou uma repercussão mundial, tendo manifestações de apoio ao Vini Jr. por parte de Pelé, Ronaldo, Neymar, Drogba e tantos outros.

Embora a campanha “Baila Vini Jr.” tenha ficado em evidência, parte dos torcedores do Atlético de Madrid gritaram cânticos racistas antes e durante a partida.

Publicidade

Como foi a resposta do Vini Jr. nas redes sociais?

Em suas redes sociais, Vini Jr. comentou que foi vítima de xenofobia e racismo, bem como ressaltou que a felicidade de um preto vitorioso incomoda.

Deixou claro que continuará a bailar em campo e trabalhar com intensidade, a fim de manter a alegria sempre. Fez questão de explicar que a dança é a manifestação da diversidade cultural.

Já em campo, a resposta foi muito boa, pois o Real Madrid ganhou o clássico contra o Atlético de Madrid por 2×1 e o atacante bailou, driblou e jogou muito.

Qual é a punição na Espanha para casos de racismo e injúria racial?

Por conta da atitude da torcida em relação aos cânticos, a La Liga, que representa o campeonato espanhol, fez denúncias ao órgão governamental responsável.

Desde 2007, há uma legislação específica para incidentes violentos no esporte, tendo o racismo incluso. Casos muito graves podem gerar multas entre 60 e 650 mil euros.

Publicidade

Existe também o código disciplinar da Real Federação Espanhola, que, dentre as possíveis penas, inclui-se multas e perdas de pontos.

No Brasil, vale ressaltar que o crime de racismo está previsto na Lei nº 7.716/1989, que tipifica a pena de até cinco anos de reclusão.

Enquanto a campanha Baila Vini Jr. continua, aproveite e leia outros textos interessantes do nosso portal agora mesmo!

Quer acompanhar mais informações sobre tecnologia? Então, continue lendo as notícias do Jornal Manchete .

Últimos posts
Veja como funciona o leilão de veículos recuperados de financiamento

Se você tem pensa em comprar um carro de leilão de veículos recuperados mas fica com o pé atrás […]

Leia mais
Mesut Özil anuncia aposentadoria do futebol

Mesut Özil, meio-campista alemão que jogou pelo Real Madrid e pelo Arsenal, anunciou, na quarta-feira (22) passada, sua aposentadoria […]

Leia mais
Veja como assistir a TV Globo grátis pelo celular

Com a tecnologia avançada veja como assistir a TV Globo grátis pelo celular. A Rede Globo de Televisão criou […]

Leia mais