Publicidade

Conheça o Leilão de Motos da Caixa Econômica Federal

Se você tem o sonho de comprar sua primeira moto ou adquirir um modelo mais novo, mais potente e com baixo custo, então você precisa conhecer o leilão de motos da Caixa Econômica Federal.

Afinal, é possível comprar motos com um bom estado de conservação por um custo bem abaixo do mercado no leilão de motos da Caixa Econômica Federal, uma vez que são bens apreendidos por falta de pagamento de multas ou parcelas do financiamento em atraso. 

O que é Caixa Econômica Federal?

Conhecida por ser uma instituição financeira sob regime de empresa pública, a Caixa Econômica Federal tem autonomia no seu negócio e patrimônio próprio. 

Publicidade

Desde a sua fundação em 1861, o banco possui muitas filiais espalhadas pelo país.

 A instituição contém funções importantes como:

  • orientação ao cliente, 
  • qualidade no atendimento e
  • intensificar a tecnologia digital.

Esses são os principais pilares orientadores da corporativa Caixa Econômica Federal.

Além disso, há outros ainda mais fundamentais como:

  • Foco no cliente,
  • integridade, 
  • ética, 
  • meritocracia, 
  • responsabilidade socioambiental. 

É por essas e outras que a Caixa Econômica Federal é uma das instituições financeiras que mais cresce atendendo a população brasileira com diversas linhas de crédito como:

  • Casa Própria, 
  • Cartões Caixa, 
  • Crédito Caixa, 
  • Contas Caixa.

Leilão de Motos da Caixa Econômica Federal

Agora que você sabe como é a instituição, veja como funciona o leilão de motos da Caixa Econômica Federal.

Como Funciona o Leilão de motos?

A Caixa Econômica não atua diretamente no ramo de leilão de motos, porém, atua em forma de parceria com leiloeiros oficiais de grandes empresas profissionalizadas no ramo. Assim, todos os anos a Caixa Econômica promove eventos deste porte em parceria com outras instituições.

Desta forma, é importante salientar que todos os trâmites relativos à realização do Leilão ficam a cargo das instituições. 

Para saber as datas dos eventos, é importante estar atento às empresas parceiras da Caixa e assim, no dia do leilão de motos da Caixa Econômica Federal, comparecer pessoalmente para escolher a moto, fazer seu lance e arrematar caso esteja dentro do valor possível para o seu orçamento.

Depois disto, a empresa fica a cargo de encaminhar toda a documentação relativa ao bem arrematado para a liberação do veículo.

Como participar do Leilão?

Para participar do leilão, é importante acompanhar empresas parceiras da Caixa como a Sold e MGL que enviarão por meio de sites a data, horário e local dos leilões. 

Importante dizer que é de responsabilidade dos compradores averiguar a reputação das empresas com as quais deseja fazer negócio.

Dicas ao participar do leilão de motos

#1 analise as motos com calma

#2 Veja o veículo pessoalmente.

#3 Verifique a documentação, se existem pendências como multas ou custos a mais uma vez que, caso o bem seja arrematado, o comprador assumirá os débitos.

Afinal, em caso de haver multas, serviços de documento e outros, o valor poderá até ultrapassar o valor de uma moto zero km. Então, é importante muita atenção.

Serviços

Em caso de dúvidas ou informações sobre os leilões, é recomendado entrar em contato com a Caixa Econômica Federal pelo telefone 0800 726 0505 ou por meio do site oficial da Caixa. Lembrando que é essencial confirmar as informações do contrato antes de ir até o leilão.

 

Quer acompanhar mais informações sobre tecnologia? Então, continue lendo as notícias do Jornal Manchete .

Últimos posts
5 fones de ouvido para usar na academia

Se você adora malhar ouvindo música mas não sabe quais os melhores fones de ouvido, então, está no lugar […]

Leia mais
Melhores destinos nacionais para o fim de ano: veja 5 opções

Antes de tudo, vamos lembrar que estamos a menos de 3 meses para acabar o ano. Dessa forma, o […]

Leia mais
Confira como assistir TV grátis pelo celular

Todos sabemos o enorme gosto que o ser humano tem pela televisão. Porém, muitas pessoas não tem condições financeiras […]

Leia mais